O influxo salutar de Maria e a mediação de Cristo

multicolored painted building dome ceilings
Tempo de leitura: < 1 minutoTempo de leitura: < 1 minuto
multicolored painted building dome ceilings

O nosso mediador é só um, segundo a palavra do Apóstolo: «não há senão um Deus e um mediador entre Deus e os homens, o homem Jesus Cristo, que Se entregou a Si mesmo para redenção de todos (1 Tm. 2, 5-6). Mas a função maternal de Maria em relação aos homens de modo algum ofusca ou diminui esta única mediação de Cristo; manifesta antes a sua eficácia. Com efeito, todo o influxo salvador da Virgem Santíssima sobre os homens se deve ao beneplácito divino e não a qualquer necessidade; deriva da abundância dos méritos de Cristo, funda-se na Sua mediação e dela depende inteiramente, haurindo aí toda a sua eficácia; de modo nenhum impede a união imediata dos fiéis com Cristo, antes a favorece. (Luz dos Povos, 60)

Related Articles

A dimensão «mariana» da oração litúrgica

Tempo de leitura: 4 minutos Tempo de leitura: 4 minutos Na encruzilhada da comunhão entre Deus e o homem encontramos Maria. Por isso, celebrar nos santos sinais o Deus que desceu do céu por nós homens e para nossa salvação coloca a seguinte questão: Cristo continua a se fazer presente sacramentalmente para nossa santificação, em virtude da concepção pela Virgem?

Responses

Open chat
Necessita de ajuda?
Ave Maria,
como a poderei ajudar?