Abordagem de casos: Mulher da espera e da beleza

Tempo de leitura: 2 minutosTempo de leitura: 2 minutos

Durante um exorcismo, Padre Bamonte coletou algumas “revelações privadas” durante os dias da novena da Imaculada Conceição de 2010, quando já estavam no tempo litúrgico do Advento, sendo uma delas a seguinte:

«A Mulher da expectativa, da esperança, Mulher vestida de sol, Mãe dulcíssima. A Mulher! Por amor de seus filhos ela foi criada antes de todos os tempos no pensamento de Deus e eu espírito puro não posso suportar isso. Essa carne podre! Ela é temida por nós porque com sua humildade, obediência, infinito amor misericordioso, ela vos segura em seus braços».

Um dia, enquanto ele fazia o exorcismo, dirigindo-se ao demônio, disse-lhe: “Olha para o belo rosto de Nossa Senhora”. Ele respondeu: “Não vejo, está escuro, está escuro, está escuro para mim. Não quero e não consigo assistir. É minha queda, é minha queda, é minha queda desde sempre. Eu a odeio, eu a odeio, eu a odeio!».

Em outros exorcismos, ele proferiu as seguintes expressões:
“Não consigo olhar para esses olhos! Eu não posso assisti-los! Não posso! Eles não se descrevem! Essa beleza não se descreve!. Ela é a Toda Santa, mas eu sou o todo amaldiçoado. Ela é Toda bela e eu sou tudo o que é feio. Ela cresceu na plenitude da graça, eu cresci na plenitude da morte, Ela é cheia de graça! Ela é Santa, ela é Santa! Aquela é Santa, e ela tira minhas almas (e aqui chora) Olha, olha, olha para o brilho do olhar de uma criança e você verá a pureza de Maria, a pureza, a pureza e o amor de Maria (isso foi uma das raríssimas vezes que, em meio a terríveis contorções, pronunciou o nome de Maria)”.

Outra vez, com linguagem metafórica evidente, disse: «Toda vez que ela desce a esta terra (referia-se a Nossa Senhora) nos afundamos mais. Cada lágrima dela é um buraco em nossa “pele”; cada olhar seu é uma rasgo em nosso “cérebro”; cada passo dela é o nosso fim. Estamos tentando impedi-la, não conseguimos, porque ela é mais poderosa do que nós. O mal não tem poder sobre Ela».

Poucos dias antes da Solenidade da Imaculada Conceição em 2010, enquanto ele o exorcizava, o demônio, com muito medo, exclamou: “Aquela mulher luminosa está neste quarto”. Então, em nome de Jesus, mandei que ele descrevesse e ele se expressou assim:

«É toda om o manto celeste que chega até aospés; tem uma túnica completamente branca; ela tem um rosto belíssimo cujo olhar não consigo segurar e ela sorri para você; suas mãos estão juntas; tem toda a coroa de doze estrelas acesa;  na cintura tem um cordão branco ao qual está amarrada aquela corrente (o Rosário). Está em uma nuvem e está dizendo a você: “Não se preocupe, estou aqui com você e vou ajudá-lo».

Related Articles

Revelações do demônio sobre Maria – Pe. Bamonte

Tempo de leitura: 2 minutos Tempo de leitura: 2 minutos Um dia ouvi-o gritar: «Eu sou Lúcifer, o mais brilhante de todos os anjos do céu, me rebelei contra a vontade de Deus, porque não queria me submeter à majestade do Nazareno». Poderia estar tudo bem, estar sob o poder de Deus, mas sob o Nazareno, que era para nascer de uma Mulher, eu não queria estar lá, então eu disse: «Ou tu me fazes como Tu ou eu lutarei contra Ti, porque nunca, jamais, me rebaixarei a um Deus que se faz carne humana e que assume traços humanos ou corpo humano».

Responses

Open chat
Necessita de ajuda?
Ave Maria,
como a poderei ajudar?